Vila de Loriga



Álbum de Fotografias - Diversas (Fotos)

Álbum de Fotografias - Gente de Loriga (Fotos)

Página seguinte - Fotos de Loriga à noite

Arquivo Memorial - Diversos (Artigos de escrita)

Dados históricos (Artigos de escrita)

Arquivo:- Notícias em Destaque, de anos anteriores, aqui na "Actualidades"

***

Jorge Garcia - Aventura 2011 - Solidariadade para com o Bombeiros Voluntários de Loriga

Jorge Garcia - Aventura 2012 - Solidariedade para com as obras de restauro da Igreja Paroquial de Loriga

Jorge Garcia - Aventura 2013 - "O Caminho dos Peregrinos" movido no espírito da sua própria autonomia



Atualidade
- Síntese de Acontecimentos e Notícias -


Segunda-feira 19.11.2018 (às15H00)TMG

Efeméride
77 Anos
- De uma Homenagem -

Recordo hoje aqui uma grande figura de Loriga, registando que faz hoje 77 Anos (19.11.1941) que foi feita uma Homenagem pelo povo de Loriga, ao Senhor Cónego Manuel Fernandes Nogueira, (1861-1944) ao ser descerrada uma Lápide assinalando a casa onde nasceu em 7 de Abril de 1816, uma grande personagem loriguense, filho de Joaquim Fernandes Nogueira e de Custódia Mendes Jorge.

Ficou perpetuado na localidade de Piódão, quando em 1886 fundou ali uma espécie de seminário para o ensino do curso preparatório de seminaristas, por onde passaram filhos de famílias de todas as categorias sociais da região que durou até 1906. Durante 22 anos esteve à frente daquela paróquia, para a população local o Sr. Cónego Nogueira foi como que um anjo enviado por Deus, onde a sua piedade era um dos aspectos mais característicos da bondade e zelo cristão.

Foto 1950


Quinta-feira 15.11.2018 (às18H00)TMG

Bairro das Penedas
- Lugar de homenagem a Nossa Senhora de Fátima -

Notícias que nos chegam nos dão conta de um incidente no belo lugar de preito à Nossa Senhora da Fátima, no Bairro das Penedas, quando pela manhã deste dia 15 de Novembro, foi encontrado danificado o adorno em vidro que protege a imagem da Virgem e dos pastorinhos.

Perante tal cenário de imediato levou ao pensamento de muitos de um acto de vandalismo, outros foram dizendo poder ter sido por razões do tempo, que como se sabe o vidro pesado caiu sobre a corrente que arrancou mesmo as buchas do pilar, por isso poder-se dizer que foi um acidente, no entanto, era sempre importante saber-se as razões que levaram a este acontecimento.
Para já o que de momento podemos dizer o que quer que fosse que aconteceu, vamos todos ficar tristes e ao mesmo tempo com pena, ao ver-se acontecer este incidente, ficando por agora um cenário desolador naquele lugar, que de certa forma já se tornou deslumbrante para quem visite este lugar de homenagem à NSFátima
Estamos certos que o grande inspirador na requalificação daquele recanto no "Cabeço das Penedas" Joaquim Palas, não irá baixar os braços, voltando a repor a imagem e voltar a devolver a bem demonstrativa figuração religiosa e elucidativa da Nossa Senhora de Fátima àquele local, lugar este que para muitos é um lugar de Tributo a esta Virgem.


Quarta-feira 14.11.2018 (às12H00)TMG

Faleceu
Fernando Aparício Ferreira

Faleceu no Luxemburgo, onde residia, Fernando Aparício Ferreira, de 52 anos de idade (29.4.1966) natural de Loriga.

O Funeral vai ser realizado hoje 14.11.2018 (quarta-feira) pelas 15H15 na cidade de Esch/Alzette

À família de luto os mais sentidos pêsames



....................... (às09H00)TMG


Faleceu
Carlos Santos Pina

Faleceu no passado dia 11.8.2018 na região de Palmela onde vivia, Carlos Santos Pina, de 82 anos de idade (15.12.1935), o Carlos "Penas" como assim era mais conhecido no meio loriguense.

O funeral foi realizado ontem (Terça-feira) em Loriga onde foi sepultado no cemitério local

À família de luto os mais sentidos pêsames


Sábado 10.11.2018 (às08H00)TMG

Fundação Cardoso de Moura
- Convocatória de Assembleia Geral -

Realiza-se no próximo dia 17 de Novembro, a partir das 20H00, a Assembleia Geral com a Ordem de Trabalhos de acordo como consta da Convocatória agora anunciada. Sessão que vai ter lugar no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Loriga.

Como é habitual é feito o apelo aos Confrades para estarem presentes, que na verdade é sempre importante a comparência de todos, para assim estarem informados do trabalho e actividade da Fundação Cardoso de Moura, uma importante instituição loriguense, que tem por objectivo no desenvolvimento e no melhor em prol de Loriga.


Sexta-feira 9.11.2018 (às16H00)TMG

Uma tradição secular em Loriga
A "Noite dos Chocalhos"

A "Noite dos Chocalhos" é uma tradição existente em Loriga que ocorre no dia 11 de Novembro, dia dedicado a São Martinho. Apesar de ainda hoje se festejar, graças à carolice de alguns, que vão continuando a manter bem presente esta secular tradição.

Épocas bem distantes, quando muitos os pastores que passavam a maioria dos dias do ano pelas montanhas da Serra da Estrela, no dia do São Martinho desciam todos à vila juntavam-se carregados de chocalhos e campainhas com as respectivas coleiras, que enfiavam nos braços e nas pernas e, em marcha acelerada, davam voltas às ruas até altas horas da noite provocando um barulho ensurdecedor que se ouvia por todo o lado e que, segundo relatos antigos, até se ouvia na Portela do Arão. Por isso mesmo, nessa noite, as pessoas pouco ou nada dormiam.

Este ritual principiava muito perto do final do dia, com a chegada dos pastores à
"Carreira" onde se reuniam, todos eles carregados com o maior número possível de chocalhos e campainhas. Quando todos estavam presentes, davam o inicio à marcha pelas várias ruas da povoação, que terminava muito perto da manhã, já muito bem bebidos, pois levavam a noite inteira a beber uns bons quartilhos de vinho novo.

Esta tradição dos pastores loriguenses, foi nos tempos mais modernos levada também para Sacavém, onde hoje por meio da ANALOR (Associação dos Naturais e Amigos de Loriga), é celebrada pelas ruas desta localidade que desse modo esta tradição passou a ter uma certa fama, o que é de saudar.


Quarta-feira 7.11.2018 (às11H00)TMG

Novembro
- Mês das Almas -

Apesar de existir um piedoso costume de manter durante o ano, os cemitérios floridos, torna-se ainda mais carismático durante o mês de Novembro (Mês das Almas). O mês da Almas, começa praticamente com o culto aos defuntos, um ritual cristã vindo dos tempos mais remotos, onde será difícil de encontrar um lugarejo onde esta tradição não esteja arreigada até à medula, nos hábitos das famílias e das paróquias.

Poema dedicado às Almas *

Caiem folhas uma a uma
Os ramos ficam despidos...
Tardes frias de Novembro
Lembram mortos esquecidos.

*

Tudo se cala... Silêncio..
Noite fria... Os sinos choram...
Rezam almas neste mundo
Pelas almas que já foram...

*

Como eu sinto as badaladas
Chorando dentro de mim!...
Lá vão elas... Vou com elas
Por um mar que não tem fim...

*

É o mar da nossa Vida...
Onde acaba?... Lá no Céu....
Como chora a badalada
Que o velho sino trangeu...

*

Lembro as noites de Novembro
Do tempo que já lá vai...
E choro... choro... rezando
Por minha mãe por meu pai.

*

Era com eles, à noite
Que sempre depois da ceia,
Rezava pelas alminhas,
À triste Luz da candeia...

*

Ai como os anos passaram!...
Também se foram meus pais...
Ò sino velho da torre,
Não chores, não chores mais..

*

Ò badaladas à noite
Ai que longe ides morrer!...
Almas no Céu a gozar,
Almas na Terra sofrer.

*

Ó badaladas da noite
Calai-vos, não choreis tanto,
Tenho a alma dolorida,
Nadam meus olhos em pranto.

Cala-te, sino, que a Lua
Vai caladinha no Céu...
Que linda noite estrelada!...
Feliz de quem já morreu!...

* Cassiano Guimarães (1960)


Segunda-feira 5.11.2018 (às16H00)TMG

Associaton des Amis dos Loriguenses
- Celebração do São Martinho -

Mais um evento que vai ser realizado pela AADL (Associaton des Amis dos Loriguenses), sediada no Luxemburgo, desta vez celebrando o São Martinho, que vai ter lugar no próximo dia 24 de Novembro a partir da 19H30, na Salle Verainshaus rue Batty Webber 57 na localidade de Rumelange.

Recorde-se que AADL (Associaton des Amis dos Loriguenses) sempre na vanguarda de iniciativas junto da comunidade loriguense, no sentido de apoiar com acções de solidariedade, desta vez este evento é com o objetivo de ajudar a Associação Loriguense de Apoio à Terceira Idade, que aqui realçamos e ao mesmo tempo saudar mais este gesto desta associação loriguense longe de Loriga mas presente em solidarização.


Domingo 4.11.2018 (às22H00)TMG

Primeira Guerra Mundial
- Armistício -

Celebrou-se em Portugal, nomeadamente com pompa e circunstância em Lisboa, o chamado Armistício, uma concordância que representava terminar com o fim da 1ª. Guerra Mundial 1914-1918, ficando então celebre o Armistício, acordo formal, segundo o qual, partes envolvidas em conflito armado concordaram em parar de lutar. Não foi necessariamente o fim da guerra, uma vez que pode ser apenas em principio um cessar-fogo enquanto se procedia a realização de um tratado de paz.

Recorde-se que muitos loriguenses estiveram envolvidos neste conflito mundial, lutando em terra francesas, que dentro do que se sabe houve um deles foi morto em combate -
Manuel Domingos Marques Soldado (Falecido em combate). Era natural do Fontão (anexo de Loriga), filho de Domingos Marques e de Ana Monteiro já falecida nesse ano de 1917. Embarcou para a França em Março de 1917. Foi ferido gravemente em combate na primeira linha vindo a falecer em em 22 de Março de 1918 e sepultado na Vieille Chapelle. Era pai do senhor Professor António Domingos Marques (1917 - 2004), uma figura de Loriga.

Ver mais sobre os Loriguenses na 1ª. Guerra Mundial 1914-1918, inserido nesta Página e neste Links = Combatentes G.Guerra


Sexta-feira 2.11.2018 (às19H00)TMG


Faleceu
Diogo André dos Santos Neves

Faleceu hoje vítima de acidente de viação em Barcelos, Diogo André dos Santos Neves, de 25 anos de idade (1993) natural da vila de Loriga

As cerimónias fúnebres serão realizadas em Loriga, onde será sepultado no cemitério local com data e hora a divulgar oportunamente.

À família de luto os mais sentidos pêsames


................. (às12H00)TMG

Monumento dos Combatentes em Loriga
- Uma lápide um significado -

Um belo poema que aqui me prezo a transcrever bem oportuno e que muito quer dizer do significado da homenagem que ontem foi feita, complementando o monumento "Aos Nossos Combatentes do Ultramar", poema este da autoria do nosso amigo músico e poeta loriguense José Manuel Alves, também ele ex. combatente na Guerra do Ultramar.

Recordo que este poema faz parte e está inserido no livro - Brochura
"História do Monumento "Aos Nossos Combatentes do Ultramar Vila de Loriga" elaborado em 2014, que para além de ficar como registo histórico foi também entregue às entidades competentes para ficar oficialmente como prova documental.

A GUERRA *

Olhai-os, tisnados pelo sol
Arma a tiracolo, olhos abertos
Prontos a matar e a morrer.
Ali tudo lhes é indiferente
E sem medo avançam
Ao encontro dum destino incógnito.
Seus pensamentos vagueiam longe
Acariciando perenes recordações:
O filho, a noiva, os pais, os amigos
Que importa? Estão na guerra!
De cada árvore que avistam
Esperam uma bala com o seu nome
Mas não param!
Olhai-os! Vede como se amam
Reparai que junto dos que caiem
Fica um pouco dos que avançam.
Só a ilusão de um fim
Lhes dá a força hercúlea
Para vencer o cansaço, a sede, o sono.
Um dia, talvez voltem a sorrir
No entorpecimento cansado da angústia
Ou, quem sabe?
Alguém verá o seu nome
Escrito e alinhado entre milhares
Num memorial de lápides geladas
Num epitáfio de reconhecimento inglório
Àqueles que, pela sua pátria
Tudo deram e tudo perderam
E nem sequer lhes sobrou a vida.

* José Manuel Alves


.................... (às07H30)TMG

Monumento dos Combatentes em Loriga
- Um complemento que faltava -
- Tornado realidade no 1 de Novembro de 2018 -

Com satisfação posso dizer, que ontem dia 1 de Novembro de 2018, foi concretizado o momento de um objetivo pelo qual desde a primeira hora sempre me empenhei para que fosse materializado, hoje com orgulho posso dizer ser gratificante poder-se ver no monumento "Aos Nossos Combatentes do Ultramar" em Loriga, a lápide legendada com os nomes dos nossos camaradas loriguenses falecidos durante a Guerra do Ultramar, um complemento em falta nesse nosso Monumento, dando-se assim cumprimento mais que justo ao sonho agora tornado realidade.
Ficará para a história mais um marco importante a figurar na história do monumento
"Aos Nossos Combatentes do Ultramar" que como se sabe com pompa e circunstância foi inaugurado no dia 27 de Julho de 2013, quando do 1º Convívio dos ex. Combatentes loriguenses que estiveram na "Guerra do Ultramar".

Quero aqui enaltecer e ao mesmo agradecer aos outros elementos da Comissão do 3º. Convívio 2018, Carlos José Brito Moura, António Gomes Costa, Mário Moura Pires e José Nunes Pereira, pelo empenhamento e toda a determinação nesta concretização, que para além de se repor alguma justiça ao Monumento, foi também um dever de todos nós ex. combatentes homenagear aqueles nossos conterrâneos que perderam a vida no cumprimento do dever em prol da Pátria, que aqui nos compete dizer:

AD PERPETUAM
REI MEMORIAM.

Muitas mais fotos poderá visionar sobre este acontecimento neste Links:

https://www.facebook.com/adelino.pina.5


Quinta-feira 1.11.2018 (às09H00)TMG

Monumento dos Combatentes em Loriga
- Cerimonial -
- Dia 1 de Novembro de 2018 -

Tal como tem sido amplamente divulgado, daqui a uma hora (10H00) vai-se proceder-se ao cerimonial junto do Monumento "Aos nossos Combatentes do Ultramar" que se vai sintonizar numa sessão perante a presença do público em geral, ex. combatentes, familiares e representação da Junta de Freguesia de Loriga, assim documentado.

"Estamos aqui reunidos neste dia de Todos os Santos para homenagear os 6 filhos de Loriga que pereceram como combatentes da Guerra do Ultramar. Nós, comissão de 2018 dos Ex. Combatentes, decidimos que chegou o tempo de se fazer por bem, dignificando estes nossos camaradas de armas e conterrâneos, gravando os seus nomes numa pedra de granito simples, mas de grande significado para todos nós. E para descerrar a lápide, convidamos o nosso Presidente da Junta de Freguesia, Sr José Manuel Almeida Pinto, ao qual agradecemos a sua presença.

a) - Hino Nacional
b) - Evocação por José Nunes Pereira, - Descerramento da lápide (Presidente da Junta e José Pereira)
c) - Toque de Formatura, - Chamada pelos nomes dos militares falecidos (António Costa)
d) - Toque de silêncio - Toque de homenagem aos mortos - Ao som do toque de homenagem aos mortos, colocação da coroa de Flores (Mário Pires, José Pereira e Carlos José)
e) - Hino Nacional

A Comissão 2018
António Gomes da Costa
José Nunes Pereira
Mário Moura Pires
Adelino Manuel Martins Pina
Carlos José Brito Moura


...................(às08H00)TMG

Dia de Todos os Santos
Dia dos Finados

Celebra-se hoje o Dia de Todos os Santos a amanhã o Dia dos Finados, datas de enorme simbologia no sentimento, no luto e na saudade, por todos os ente queridos que já partiram desta vida dos vivos. Por tradição de longe chegam a Loriga muitos loriguenses para estarem presentes na visita ao cemitério, unidos na Romagem que em procissão leva o povo até ao recanto santo, onde as famílias se reúnem junto das campas onde repousam os seus familiares, num envolvimento de recordação por aqueles que partiram mais cedo, mas que continuam bem presentes.

Recanto Santo de Loriga *

Recanto santo da minha Terra
Flores e velas acesas
com mágoas do meu pesar,
gente e recordações adormecidas
em terra fria
sem soluços, sem chorar.

Recanto santo da minha Terra
Lágrimas dos olhos,
que caem em sentimento
e luto que deslumbra,
um passado no presente
de tristeza e dor.

Recanto santo da minha Terra
Onde as chamas das velas
se agitam pelos ventos
desordenados que passam,
levando o meu suspiro
e em pranto o meu chorar.


* Anip
(Poema extraído do livro
"Poetas da Minha Terra")


Arquivo das Noticias inseridas (últimos meses) aqui no "Actualidades"

***

Janeiro/2016

Março/2016

Maio/2016

Julho/2016

Setembro/2016

Novembro/2016

Fevereiro/2016

Abril/2016

Junho/2016

Agosto/2016

Outubro/2016

Dezembro/2016

***

Janeiro/2017

Março/2017

Maio/2017

Julho/2017

Setembro/2017

Novembro/2017

Fevereiro/2017

Abril/2017

Junho/2017

Agosto/2017

Outubro/2017

Dezembro/2017

***

Janeiro/2018

Março/2018

Maio/2018

Julho/2018

Setembro/2018

Fevereiro/2018

Abril/2018

Junho/2018

Agosto/2018

Outubro/2018


Leia e divulgue o Jornais de Loriga, que existem a pensar nos Loriguenses e nos amigos de Loriga
Jornal "Garganta de Loriga" - Propriedade e Administração da ANALOR - Sacavém
Jornal Boletim Paroquial "A NEVE" - Propriedade e Administração Paroquial - Loriga

***

Grupo de Música Tradicional Portuguesa "Grupo Coral da ANALOR"
Contacto:
ANALOR (Associação dos Naturais e Amigos de Loriga - Sacavém, Telef.214917640 -
Email.- analor@netcabo.pt


E f e m é r i d e s

Janeiro

Março

Maio

Julho

Setembro

Novembro

Fevereiro

Abril

Junho

Agosto

Outubro

Dezembro


Álbum de Fotografias - Diversas (Fotos)

Álbum de Fotografias - Gente de Loriga (Fotos)

Página seguinte - Fotos de Loriga à noite

Arquivo Memorial - Diversos (Artigos de escrita)

Dados históricos (Artigos de escrita)


Uma ajuda para com mais rapidez entrar no tema do seu interesse

Indice


Set/1999 - net/prod.© c.Site AMMPina (Ano 2009)